segunda-feira, 18 de julho de 2011

Cacos

Vi você trincar
Ouvi o barulho dos seus pedaços ao chão
Você me ajudou a te construir
Mas era frágil demais
Em tão pouco tempo
Quebrou, despedaçou
Agora a única coisa que vejo
São seus cacos no chão

Cura

O efeito que o alívio e a sensação de normalidade causam não acionam minha criatividade.

Meu coração leve ilumina meu rosto e meu dia, mas não é capaz de me fazer colocar em palavras como me sinto.

Estou curada.

Todos os meus sonhos, meus pensamentos e meus desejos são para você.
Não está sobrando nada para mim.

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Agora também em novo endereço:
http://porumafresta.tumblr.com/

terça-feira, 5 de julho de 2011

Chegar já não importa


Quando o caminho é mais importante que o destino
A gente torce pra ele ser mais longo, pra ele durar mais
Não dá vontade de chegar só pra poder viver mais

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Não quero mais metade
Meias palavras
Meias saudades
Meio abraço
Meia transa
Meio encontro
Meia vida
Meio homem

Nao sei bem o que quero
Mas sei o que não quero
Já é meio caminho andado

Amigos, chega dessa pasmaceira
Chega dessa eterna covardia amorosa
Se vocês soubessem elas andam falando por ia
Horrores ao nosso respeito
E pior é q elas estão cobertas de razão
Prestem atenção amigos
Faz sentido o que elas dizem
A maioria de nos anda correndo delas
Diante o menor sinal de vinculo
Diante da menor intimidade
Logo apos a primeira ou segunda manhã de sexo
Que que é isso companheiro,
Fugir à melhor das lutas?


video